site map: Home > Blog >

Blog Universo CRM

13
set

O que fazer quando o atraso é inevitável – 9 dicas

Publicado por Leandro C. Lopes

O tempo é o recurso mais democrático que existe, todos nós recebemos 24 horas todos os dias para distribuir nas atividades e tarefas que achamos melhor. Nada pior do que deixar uma pessoa esperando!

Respeitar este recurso do próximo nos dias de hoje tem que ser obrigação de todos! Porém como não podemos controlar todas as variáveis e circunstâncias de nossas vidas, seu comportamento perante a esta situação é o que fará você diferente dos outros.

Imagine-se na seguinte situação : Você ficou durante semanas tentando agendar aquela reunião com o cliente em potencial, conseguiu e no dia você é cometido de um fato que fará com que você não consiga chegar no horário combinado. O que fazer? Se desesperar não vai adiantar em nada, se adiantasse não precisaríamos deste post

1 -  Planeje-se antecipadamente : O melhor mesmo é evitar os atrasos, e para isso uma boa gestão de agenda é fundamental, registre o tempo de deslocamento entre os locais, por exemplo, se sua casa ao escritório do cliente leva em média 30 minutos, programe-se para sair 1 hora antes, adicione mais recurso (tempo) para ter uma margem de manobra.

2 – Avise imediatamente todos os impactados: Caso ocorra algum fato que fará com que você não consiga cumprir o horário, avise imediatamente as pessoas impactadas. Hoje não há mais desculpas para deixar de avisar, com celular, SMS, Internet Wi-Fi, se não tiver sinal, ainda existem os telefones públicos. Quanto antes você conseguir avisar, melhor será para todos.

3 – Não invente desculpas: O que será no futuro se os carros tiverem seus pneus a prova de furos? Não há nada mais desagradável do que ouvir desculpas neste momento. O ideal é somente indicar que devido a um fato contra sua vontade você irá se atrasar.  A sua preocupação tem que ser no respeito da agenda do próximo.

4 – Dê uma previsão de chegada: Furou mesmo o pneu? Bateu o carro? Trânsito? Manifestação? Passe uma previsão do tempo de chegada ao compromisso e valide se a pessoa poderá esperar, indique também que você irá atualiza-la a cada X minutos. Dentro de 15 minutos ligo novamente.

5 – Chegue pianinho: Nada de chegar na reunião bufando, reclamando, fazendo estardalhaço, falando alto, mesmo a situação estando fora do seu controle o culpado pelo atraso é você, mais ninguém. Ao chegar, desculpe-se brevemente e inicie a reunião, caso já tenha iniciado, entre sem interromper e comece sua participação.

6 – Remarque a reunião: Caso a pessoa não consiga esperar, peça desculpas dizendo que o ocorrido realmente estava fora do seu controle e gostaria de remarcar o encontro para outra data se possível, e ao retornar irá enviar um e-mail com as informações da nova reunião.

7 – Comunique formalmente: Após o ocorrido envie um email com pedido de desculpas demonstrando respeito ao tempo da pessoa com uma breve descrição do acontecimento sem detalhes, caso tenha uma relação mais informal sinta-se a vontade para descrever o ocorrido, não esqueça de sugerir opções de datas e horários para a próxima reunião.

8 – Aprenda com seus erros e dos outros: Identifique se você tem o hábito de se atrasar, pense nos dez últimos compromissos, você se atrasou? Por que? Quais foram os motivos? Como você poderia ter evitado? Alguém se atrasou? Como ele se comportou? Ele avisou a todos? Mostrou respeito ao tempo alheio?

9 – Passe essas dicas para frente: Um dos problemas é que as pessoas não conseguem demonstrar de forma sincera o respeito ao tempo do próximo por simplesmente não saberem como fazer. Essas dicas são de grande valor e cria um protocolo de comportamento perante a adversidade.

Faça disso um hábito em sua vida e das pessoas que convivem com você. Com certeza melhorará a relação das pessoas demonstrando respeito sincero ao tempo do próximo.

  • Compartilhe:

Deixe seu comentário:

Seu e-mail nunca será compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados *


*
*
*


Um Comentário

PAULO
8 de abril de 2015 às 18:30

MUITO BOM